SAP/SP: editais para 416 vagas podem sair em janeiro

Mais um passo para a realização do novo concurso público da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP/SP). O órgão divulgou, por meio de publicação em diário oficial, nesta quarta-feira, 8 de novembro, a resolução 147, que institui a comissão organizadora do certame. De acordo com a presidente da comissão, Daniela Marinho Nunes Borsetti, a intenção do órgão é publicar os editais até 10 de janeiro de 2018, para que possam ser oferecidas todas as 416 vagas que contam com autorização governamental, incluindo as 393 autorizadas pelo governador Geraldo Alckmin no último dia 1º de novembro e outras 23, para cargos da área de saúde, autorizadas em 10 de janeiro. De acordo com ela, caso não consigam publicar os editais até esta data, o concurso deverá contar somente com os 393 postos do novo aval, uma vez que a validade da autorização das 23 vagas, que é de um ano, terá expirado.

Ela explica, ainda, que o órgão deve iniciar, em breve, um novo pregão eletrônico para a escolha da banca organizadora do certame. Com isto, a publicação do edital em janeiro e, consequentemente, a inclusão das 23 vagas da autorização de janeiro, dependerão da agilidade no processo de escolha da banca.

Além da presidente, a comissão também conta com os assessores técnicos de gabinete Marilda Gonçalves e Mario Sergio Jannini, além dos suplentes Christian Wolfmann, Adriana Gomes do Nascimento e Paula dos Santos. 

Do total de vagas que contam com autorização para o concurso, 316 são para cargos com exigência de ensino médio e 100 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 2.885,33. 

Ensino Médio

Das 316 vagas para cargos de ensino médio, 265 são para a carreira de oficial administrativo, que é comum para toda a administração pública estadual, com atribuições específicas variando de acordo com o órgão de lotação. Neste caso, a remuneração inicial da categoria é de R$ 1.294 em caso de 50% do complemento de Prêmio de Desempenho Individual (PDI) e R$ 4.184, no caso de 100% do PDI.

Ainda no caso de ensino médio, o concurso contará com 51 vagas para o cargo de técnico de enfermagem, com remuneração inicial de R$ 1.754,74. Neste caso, além da escolaridade, os interessados deverão possuir formação de cunho técnico.

Nível Superior

Para nível superior, a nova autorização é para os cargos de agente técnico de assistência à saúde (47 vagas, sendo 23 para psicólogo, 19 de assistente social e cinco de terapeuta ocupacional, com R$ 2.179,02), analista sociocultural – pedagogo (5, R$ 2.320,84 com 50% do Prêmio de Desempenho Individual e R$ 2.695,34 para 100% do benefício) e analista administrativo (25, R$ 2.320,84, com 50% do PDI e R$ 2.695,34 para 100%).

Por fim, as 23 vagas autorizadas em janeiro são para três cargos, todos com exigência de nível superior. Destas, três são para a carreira de agente técnico de assistência à saúde, com remuneração inicial de R$ 2.179,02. Também existem mais oito vagas para cirurgião dentista, com R$ 2.179,02; e 12 postos para a carreira de enfermeiro, com inicial de R$ 2.885,83.

No caso de assistente técnico de assistência à saúde serão 50 vagas, considerando as três da autorização de janeiro e as 47 da nova autorização.

Último Concurso

No caso de oficial administrativo, o último concurso ocorreu em 2011, quando foram registrados 12.182 inscritos, para a oferta de 200 vagas, em diversas cidades do estado. A banca organizadora foi a Fundação Vunesp e a prova foi composta de 60 questões, sendo 30 de língua portuguesa, cinco de matemática, cinco de noções de informática e 20 de conhecimentos gerais.

                                                                                                                                                                                                                                                       Jcconcursos 08/11/2017

Testemunho do aluno Waldemar


Caros,

Estou aqui para relatar minha breve experiência em concursos públicos, 8 meses de estudo até aprovação, um tanto rápido e inesperado até para mim, confesso, mas acima de tudo um relato para quem quer mudar ...

Clique aqui para ler o depoimento completo!