fbpx

Concurso Banco do Brasil

Segunda a assessoria, a ideia é de abrir 3.205 vagas  para escriturários no Banco do Brasil para a área de tecnologia, entretanto existe também a possibilidade de que o banco inclua vagas para escriturário generalista, de perfil mais tradicional, com atuação em atividades bancárias / administrativas. 

 

O banco do Brasil foi fundado em 1808, surgindo como a primeira instituição bancária a operar no país. De acordo com a instituição a visão do Banco do Brasil é “ser a empresa que proporciona a melhor experiência para a vida das pessoas e promove o desenvolvimento da sociedade, de forma inovadora, eficiente e sustentável”.

 

O Escriturário do Banco Brasil tem como responsabilidades a comercialização de produtos e serviços do BANCO DO BRASIL S.A, atuação no caixa (quando necessário), prestação de informações aos clientes e usuários, atendimento ao público, contatos com clientes; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização / manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo operacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do Banco.

Carga horária: 30 horas semanais

Salário: R$4.036,56 mensais inclui auxílio-refeição e alimentação. O salário pode chegar a ser maior devido a Participação nos Lucros – que atingiu recentemente seu maior valor – e as Premiações por atingir as metas, com isso os funcionários podem chegar a receber 14º, 15º e até 16º salários.

 

No dia 8 de julho foi publicado a Portaria de nº 15.964 que estabeleceu um quadro fixo de 3.205 vagas. Atualmente o quadro é comporto por 102.681 vagas.

 

Direitos dos profissionais aprovados no concurso Banco do Brasil BB 2020:

 

-Auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade do funcionário);

-Participação nos lucros (geralmente, paga duas vezes ao ano)

-Plano de saúde e odontológico – Previdência privada com participação do banco;

-Auxílio creche/babá – auxílio ao filho com deficiência; e

-Possibilidade de ascensão profissional.

 

Requisitos para concorrer a vaga:

 

-Diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

-Idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.

 

O último  concurso foi  dividido em quatro etapas:

 

1ª Etapa:  Avaliação de Conhecimentos através da aplicação de provas objetivas, com caráter eliminatório e classificatório. Responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO

 

A primeira etapa contou com provas objetivas de 70 questões de múltipla escolha, sendo entre elas 20 questões para Conhecimentos Básicos, 50 questões de Conhecimento Específicos, totalizando 100,0 pontos. Cada questão apresentou cinco alternativas (A; B; C; D e E) com apenas uma única resposta correta.

 

2ª Etapa: Prova de Redação, de caráter eliminatório. Responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

 

3ª Etapa: Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) pretos(as) ou pardos(as), conforme edital.

 

4ª Etapa: Procedimentos Admissionais e Perícia Médica, de caráter eliminatório. Responsabilidade do BANCO DO BRASIL S.A

 

Último Edital

 

O último edital foi publicado em 2018, a banca organizadora foi a Fundação Cesgranrio, que aplicou as avaliações em Belém (PA), BELO HORIZONTE (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). O maior bloco de questões (com 25) foi na área de Conhecimentos de Informática e não conhecimentos Bancários como foi o caso nos últimos editais anteriores a este.

 

Como se preparar?

No dia 22 de agosto  daremos inicio ao preparatório a distância e ao vivo. Para saber mais entre no link: Preparatório Banco do Brasil ou entre em contato com a consultoria pelo WhatsApp: (12) 99650-4674 e comece já a estudar para o concurso.

 

FONTES:

BANCO DO BRASIL S.A

NOTÍCIAS CONCURSOS