fbpx

Concurso Banco do Brasil: Estudos para novo edital avançam

A instituição confirmou que o planejamento de um novo concurso focado para área tecnológica segue avançado, leia mais:

Diante a uma troca de gestão, o novo edital continua fazendo parte dos planos do banco, em março o presidente do BB (André Brandão) oediu renúncia do cargo, o que gerou incertezas internas. Com o concurso a instituição pode ganhar forças.

“O BB segue avançando nos estudos e planejamento para o próximo concurso. Detalhes e todas as informações serão amplamente divulgados quando do lançamento de eventual certame, por meio de edital”, disse o Banco do Brasil.

A gestão da Caixa Econômica ganha atenção, já que a estatal é responsável pelo pagamento do auxílio emergencial, e também anunciou a criação de 75 novas unidades e a contratação de 2.766 empregados a partir de convocações do concurso de 2014.

O novo presidente do BB, Fausto Ribeiro, está alinhado com o presidente Bolsonaro, que é contra a privatização do Banco do Brasil, podendo abrir uma próxima seleção.

No inicio desse ano, o Banco anunciou abertura de dois PDVs ( Programa de demissão voluntária), o que deixou muitos concurseiros atentos, porém depois a instituição revelou que os Programas de Adequação de Quadros (PAQ) e Desligamento Extraordinário (PDE) alcançaram suas metas desligando 5.533 funcionários.

No dia 20 de janeiro, questões como realização de novos concursos foram debatidos, o conselho desde 2015, 17.482 funcionários aderiu aos programas de aposentadoria/desligamento e de ajustamento de quadros.

Em 2021 foram mais de 5 mil adesões, permitindo que aconteça um novo concurso Banco do Brasil.

“Tal programa propõe, de forma inteiramente voluntária, que funcionários com tempo de trabalho suficiente para se aposentarem o façam, objetivando abrir espaço que permita à instituição realizar concursos voltados para recrutamento de funcionários mais jovens, menos custosos e, principalmente, mais bem preparados para o mundo digital”

Ficou clara a intenção do Conselho de rejuvenescer o quadro de funcionários do Banco através da realização de concursos, diminuindo custos e focando na área Digital, assim o próximo edital deve vir voltado para profissionais com conhecimento em Tecnologia.

“O BB sabe que a automação, a incorporação de TI e a super digitalização dos processos são inexoráveis no setor financeiro, sendo dever da instituição ter um quadro funcional capacitado, bem treinado e motivado, e com um custo compatível com seus concorrentes privados”

São previstos ao todo 120 vagas de escriturário focado para área tecnológica com regime de contratação celetista.

Segundo fontes internas do banco os preparativos do concurso Banco do Brasil 2021 já estão na reta final, o que deixa os concurseiros cada vez mais apreensivos já que o BB é uma instituição que interessa a muitas pessoas devido a vantagens e visão.

Vantagens

Uma das vantagens que chama atenção dos concurseiros é que os contratados têm direito a participação nos lucros, que normalmente é paga duas vezes ao ano. Recebem também planos de saúde e odontológico, previdência privada com participação do banco, auxilio-creche/babá e auxílio ao filho com deficiência.

Existe a possibilidade de auxílio-transporte que ainda está sendo confirmado devido a possibilidade de os selecionados trabalharem de casa, em home office. Caso seja pago o transporte, será variável de acordo com a localidade da residência e da agência de lotação do funcionário.

Crescimento profissional

O Banco do Brasil investe na qualificação de seus funcionários, oferecendo a possibilidade de crescimento profissional. Um exemplo disso é uma grande quantidade de diretores que adentraram na empresa como escriturários.

O BB já teve inclusive presidentes que ingressaram na empresa como escriturários e foram ascedendo profissionalmente.

Provas do concurso Banco do Brasil 2021

O último edital do concurso do BB saiu em 2018, e o formato da prova deve se manter em 2021. Os contratados foram subemetidos a quatro etapas de seleção,sendo elas:

Prova objetiva

Avaliação de conhecimentos gerais mediante a aplicação de provas objetivas com caráter classificatório e eliminatório organizado pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO, as disciplinas cobradas em 2018 foram:

  • Português – 5 questões
  • Matemática – 5 questões
  • Inglês – 5 questões
  • Atualidades do Mercado Financeiro – 5 questões
  • Probabilidade e Estatística – 20 questões
  • Conhecimentos Bancários – 5 questões
  • Informática – 25 questões

Prova de redação

A redação também é de caráter eliminatório e também foi organizada pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO

Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos (as) pretos (as) e pardos (as), conforme edital

Procedimento adminissional e Perícia Médica de caráter eliminatório organizado pelo próprio BANCO DO BRASIL S.A

Funções do escriturário tradicional e com foco em TI

As funções do escriturário tradicional conhecido também como generalista, e o escriturário da área de tecnologia são as mesmas:

  • Comercialização de produtos e serviços do BB;
  • Atendimento ao público;
  • Atuação no caixa (quando necessário);
  • Contatos com clientes;
  • Prestação de informações aos clientes e usuários;
  • Redação de correspondências em geral;
  • Conferência de relatórios e documentos;
  • Controles estatísticos;
  • Atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados;
  • Execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo.

Apesar das funções não se diferenciarem, o peso dado a cada disciplina na prova é diferente, o que significa que habilidades e competências exigidas aos candidatos são as mesmas.

Conheça o nosso Preparatório Banco do Brasil e se prepare com uma equipe de professores especialistas! Não fique de fora dessa!

Entre em contato direto com nossas consultoras para mais informações:

(12) 99650-4674

3909-5800

Fonte: 

Folha Dirigida



Open chat