fbpx

Concurso MP SP: novo edital é discutido em reunião!

Durante a reunião ordinária do Conselho Superior o novo concurso MP SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) foi discutido, sinalizando assim que um estudo deve ser realizado.

A 44ª reunião ordinária do Conselho Superior do MP realizada no dia 22 de junho debateu o concurso MP SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) para o cargo de promotor. Segundo a ata da reunião muitos cargos estão vagos e um estudo aprofundado deve ser realizado o mais breve possível.

O Doutor Mário Luiz Sarrubbo afirmou que: “Está chegando a hora de um movimento mais sério em relação a isso, muito embora o Conselho Superior esteja atuando e movimentando a carreira, muitos colegas não estão querendo a remoção ou promoção para alguns cargos, e essa pode ser uma sinalização importante, pois estamos com muitos cargos vagos, inclusive de substitutos, e portanto merece um estudo aprofundado, tanto que já solicitou do Secretário Executivo, Dr. Fernando Pereira, que o realize o mais breve possível para dialogar com o Conselho Superior e com o Órgão Especial a respeito das providências a serem tomadas”

“Estamos atentos e as providências necessárias serão tomadas e, se necessário for, será deflagrado novo concurso de ingresso à carreira, embora se saiba das dificuldades de um concurso a essa altura, já que não podemos aglomerar e é algo mais para o final do ano e cargos talvez para o meio do ano que vem, mas com esses estudos, diálogos com os Colegiados, tudo faremos para tais cargos não ficarem vagos.”

Concurso MP SP

O concurso MP SP para promotor foi autorizado dia 4 de dezembro de 2019 pelo órgão especial, a oferta era de 157 vagas inicialmente, mas os preparativos não avançaram.

A exigência para o cargo é nível superior em direito com no mínimo três anos de atividade jurídica e uma remuneração inicial de R$ 28.883,97.

Última seleção

O último concurso para promotor aconteceu no início de 2019 e contou com uma oferta de 80 vagas, a prova objetiva contou com 100 questões sendo:

  • 15 de direito penal,
  • 12 de direito processual penal,
  • 10 de direito civil,
  • 10 de direito processual civil,
  • 12 de direito constitucional, 6
  • 6 de direito da infância e da juventude,
  • 4 de direito comercial e empresarial,
  • 14 de tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos,
  • 4 de direitos humanos,
  • 10 de direito administrativo, e
  • 3 de direito eleitoral.

Os candidatos melhor classificados foram convocados para a segunda fase, composta pela prova escrita, que foi elaborada três versões pela banca organizadora para sorteio de uma no momento do exame.

A primeira versão contou com uma dissertação sobre direito penal, uma peça prática enfatizando temas de direito processual penal e uma questão sobre temas de tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos.

A segunda foi uma dissertação sobre direito processual penal, uma peça prática com ênfase em temas de direito penal e uma questão sobre tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos.

E a terceira contou com uma dissertação sobre temas de tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos, uma peça prática com ênfase em direito processual penal e duas questões de direito penal.

A pontuação foi de três pontos para cada dissertação, dois pontos para cada peça prática e um ponto por cada questão.

Resumo MP/SP – Ministério Público de São Paulo

Vagas: 157
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Promotor
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 28883,00
Estados com Vagas: SP

Conheça o nosso Preparatório e se prepare com uma equipe de professores especialistas! Não fique de fora dessa!

Entre em contato direto com nossas consultoras para mais informações:

(12) 99650-4674

3909-5800

Fonte: 

Folha Dirigida



Open chat