fbpx

Concurso MPU 2020: Secretário-geral garante novo edital este ano

Ministério Público da União vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso MPU 2020). A publicação do edital do certame está confirmada para 2020, conforme informou o diretor executivo do Sindicato Nacional dos servidores do Ministério Público da União (SindMPU), Adriel Gael, após reunião com o secretário-geral adjunto, Eitel Santiago. As informações foram passadas ao site Folha Dirigida.

Durante o encontro, Santiago confirmou a realização do concurso em 2020. Segundo ele, o órgão apura no momento quais cargos serão oferecidos no edital. Sendo assim, serão analisados quais demandam a maior quantidade de servidores.

De acordo com o diretor, o concurso não vai oferecer vagas para os mesmos cargos contemplados no concurso de 2018, cujo resultado final ainda está válido. Isto é, técnico de administração (nível médio) e analista em Direito (nível superior na área).

De acordo com o secretário-geral, há a possibilidade de vagas para técnico de segurança institucional, analista administrativo, bibliotecário, e funções com formação em qualquer área. No entanto, vale destacar que tais dados só poderão ser confirmados após o estudo prévio.

No dia 27 de janeiro,  a assessoria de Imprensa da Procuradoria Geral da República já havia confirmado o novo concurso do MPU em 2020. Segundo o órgão, a meta é repor as vacâncias principalmente, de aposentadorias, que aumentaram após a aprovação da Reforma da Previdência.

Os preparativos para lançamento do edital já começaram. No entanto, ainda não é possível quantificar as oportunidades que serão abertas e para quais cargos.

“Há sim uma perspectiva de que seja realizado concurso para servidores ainda em 2020. Essa informação já foi oficializada pela Secretaria-Geral do Ministério Público da União. O objetivo é repor vagas originárias, sobretudo, de aposentadorias, que aumentaram após a Reforma da Previdência. Embora as providências para que os concursos possam ser realizados já estejam sendo tomadas, não é possível – neste momento – apontar a quantidade bem como a distribuição das vagas existentes”, disse em nota enviada à reportagem.

Em 2018, o Ministério Público da União contava com um déficit de 1.717 servidores em todo o país. Desse total, 1.660 eram referentes aos cargos do edital do último concurso. Os dados são do Portal da Transparência dos quatro ramos do Ministério Público da União.

Leia também: Banco do Brasil abre concurso em março para nível médio

Segundo o Portal, faltavam 492 técnicos de administração e 1.111 analistas de Direito. Para os cargos ainda não há concurso válido no órgão, que tem necessidade de abrir um novo edital. Além disso, faltam 57 técnicos de segurança.

O salário de técnico de administração, com requisito de nível médio, é de R$7.618,61. O analista de direito (nível superior na área) recebe R$11.916,90 já com auxílio-alimentação de R$910,08.

Último edital do concurso MPU foi aberto em 2018

O último edital do concurso público do Ministério Público da União (MPU) foi divulgado em 2018, quando contou com 47 vagas efetivas em cargos de analistas e técnicos e formação de cadastro de reserva em cargos de ensino médio e superior do órgão.

concurso público do Ministério Público da União registrou 52.529 faltosos nas provas, conforme dados divulgados pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), organizador do certame. A maior abstenção foi para o cargo de técnico de administração, que tem requisito de nível médio.

Segundo os dados divulgados, 34.865 candidatos de técnico não compareceram ao dia de prova, o que representa 18,25% do total de inscritos para o cargo. Para analista, foram registrados 17.664 faltosos, o que representa 23,91% do total de inscritos para o cargo.

O cargo de técnico de administração foi o mais procurado do concurso MPU, com 191.045 candidatos para 11 vagas imediatas, o que resulta em 17.367 candidatos concorrendo a uma vaga. A função de Analista em Direito registrou 73.879 inscritos para 36 vagas, ou seja, 2.052 candidatos concorrem a uma vaga do cargo. A região com o maior número de inscritos foi o Distrito Federal, com 133.508 concorrentes.

LEIA MAIS

Fonte: Notícias Concursos