fbpx

Concurso PF: diretora confirma pedido para níveis médio e superior

Está confirmado o pedido de concurso PF contemplando cargos de níveis médio e superior, das áreas Administrativa e Policial. A confirmação partiu da diretora de Gestão de Pessoal substituta, Vanessa Gonçalves Leite Souza, em resposta no Portal de Acesso à Informação.
A Polícia Federal confirmou que um dos protocolos de pedido de concurso, enviado ao Ministério da Economia, tem o objetivo de preencher 600 vagas de agente policial. A exigência, neste caso, é nível superior em qualquer área e carteira de habilitação. Os ganhos são de R$12.44,26.

A corporação confirma ainda ter protocolado pedido de concurso público para o cargo de agente administrativo, de nível médio e com R$4.710,76 mensais, bem como de outras funções d área administrativa, de nível superior. O número de vagas solicitadas, no entanto, não foi revelado.

► Projeto Federal: preparatórios concursos nacionais

As solicitações, de acordo com a diretora de Gestão de Pessoas substituta, estão no Ministério da Economia e tem o respaldo do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

A reportagem da FOLHA DIRIGIDA procurou a Polícia Federal para confirmar tal informação, mas ainda não obteve retorno.

Embora a diretora de pessoal tenha falado em 600 vagas para agente, pode ser que o quantitativo seja dividido também com os cargos de escrivão, papiloscopista, perito e delegado. Tradicionalmente, a PF se refere a todos os cargos policiais como “agentes de polícia”.

Carência na área policial é de 4,3 mil: concurso PF é urgente

De acordo com a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) estão em falta 4.330 servidores. A informação foi passada com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA, em fevereiro desse ano por meio de uma entrevista exclusiva.

Naquela época, a maior necessidade era para o cargo de agente, cargo que apresenta mais demanda na Polícia Federal. De acordo com o panorama passado pelo sindicato, as vagas oferecidas no concurso PF de 2018 não serão suficientes para suprir todo o déficit nas carreiras.

 

Leia mais

Fonte: FOLHA DIRIGIDA