fbpx

Concurso PM SP 2020 – Edital Pronto

Os concursos da PM SP de soldado tiveram os preparativos suspensos devido a pandemia, segundo o Capitão da PM SP, o primeiro edital soldado já está pronto com oportunidade para 2.700 vagas e depende do aval para retomada, veja mais:

Nesta quarta-feira dia 30, no programa da Folha Dirigida entrevista, Obrien Pineda Teixeira, o capitão da PM SP, chefe da Seção de Gestão e Coordenação de Concurso disse que “Em relação à autorização deste ano, cuja posse estava prevista para o ano que vem, vamos ter que replanejar, pois o decreto não permitia abrir novos concursos. Mas, assim que tivermos uma data de retomada, vamos refazer esse cronograma. Um dos editais está pronto e está aguardando apenas a retomada para publicarmos”

Obrien e Bruno Scalco dos Santos, que é o chefe do setor de Coordenação e Comunicação de concurso contaram também que os concursos previstos de soldados já tem aval do governador, o para soldado de 2019 os editais já estão em andamento, além do edital de aluno-oficial, que teve inscrições suspensas. O capital assegurou também que as etapas da convocação de aprovados dos concursos de 2019 voltarão a acontecer assim que a pandemia tiver controle no Estado de São Paulo.

Em janeiro de 2020, a Policial Militar recebeu um novo aval do governo, o que acontece anualmente e foi autorizado pelo governador Joao Doria para um quantitativo a ser ofertado por meio dos editais de 5.400 vagas.

Os preparativos estavam acontecendo de forma rápida, mas foram paralisados devido a pandemia, e a data de retomada ainda não foi divulgado, mas assim que for definida o primeiro edital já pode ser publicado. Isso porque o capitão da PM confirmou que um dos editais já esta pronto, e que pode ser divulgado ainda este ano caso o período de calamidade pública na saúde seja amenizado e os trabalho sejam retomados.

“Um dos editais já está pronto. A gente tem tudo pronto e estamos aguardando mesmo só a retomada para poder publicar”

Sobre os dois concursos que ainda estão andamento, e mais dois estão previstos, e anualmente a corporação realiza novas seleções, Obrien explicou:

“Esses dois concursos que já estão em andamento 02/2019 e 03/2019, eles vão acabar, até pelo tempo que falta para concluí-los, eles só vão poder acabar em 2021 mesmo. Então esses concursos vão acabar ocupando esse espaço e os outros concursos que estavam autorizados, a princípio para 2021, eles vão sendo realizados na sequência. Até porque por conta da Constituição Federal e das leis a gente não pode da posse de um concurso posterior se não tiver concluído o anterior, ele vai ter que entrar na fila.”

Existe o risco de a pandemia atrasar o cronograma e interferir no planejamento caso o retorno se prolongar, o que segundo Obrien, vai exigir que ocorra uma adaptação no planejamento.

 

Requisitos  para o concurso PM SP soldado

 

  • Nível médio completo;
  • Carteira Nacional de Habilitação entre as categorias B e E;
  • Idade entre 17 e 30 anos; e
  • Altura mínima de 1,55m para mulheres e de 1,60 para homens.

 

Remuneração do soldado da PM SP

 

A PM-SP contrata pelo regime estatutário. O vencimento inicial será de R$3.164,58 e, após o estágio probatório, na graduação de soldado de 1ª Classe, passará a ser de R$3.497. No caso do aluno-oficial, o salário é de R$3.116,76 e, após o estágio probatório, já no posto de 2º tenente, o salário passa a ser de R$6.726,10.

 

Etapas do Concurso PM SP

 

O concurso e soldado da PM SP é comporto por seis etapas de seleção, a primeira delas é de prova escrita, a prova objetiva é composta por 60 questões divididas em:

– 20 de Língua Portuguesa e Interpretação

– 14 de Matemática

-14 de Conhecimentos Gerais

– 6 de Informática

– 6 de Noções de Administração Publica

E a prova discursiva, que a realização de uma redação. Depois disso os aprovados são convocados para as demais etapas de exames de aptidão física, psicológica e de saúde, avaliação de conduta social; e analise de documentos.

 

Por isso não perca tempo e comece a se preparar imediatamente, acesse: Preparatório Soldado da PM

 

Fonte:

Folha Dirigida