fbpx

Concurso Receita Federal: Novo edital é discutido

A Diretoria Nacional do Sindireceita se reuniu com o secretário de gestão e desempenho de pessoal para debater sobre um novo concurso da receita federal que já há tempo é muito necessário

Já faz anos que a Receita Federal está sem concurso, e isso faz com que o número de cargos vagos aumente cada vez mais. O pedido para novas seleções voltou a ser debatido durante reunião com o Ministério da Economia.

A Diretoria Nacional do Sindireceita se reuniu com o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, entre os temas abordados destaca-se:

  • Reforma Administrativa;
  • Negociação salarial;
  • Decreto de atribuições da carreira Tributária e Aduaneira;
  • Planejamento de concurso público; e
  • Alteração da MP nº 2.174-28, de 24/08/2001.

O secretário-geral do Sindireceita ressaltou durante a reunião que nos últimos anos, com a falta de concursos públicos e aumento das aposentadorias, o número de servidores vem reduzindo, o que afeta o rendimento produtivo do órgão.

Acrescentou também que é preciso considerar como critério para realização de concursos os processos de trabalho que já foram mapeados. Assim, além de dar parâmetros contínuos, ainda fornecem informações para que se defina a quantidade necessária de pessoal para novas contratações.

Mais de 20 mil cargos vagas

Sem um novo aval, o número de cargos vagos só aumenta. Em levantamento recente feito pelo jornal da Folha Dirigida, o órgão já contabiliza mais de 20 mil saídas. Segundo dados do Governo federal que foram atualizados em julho, são 22.715 cargos vagos somando as carreiras de auditor e de analista.

Pedido de Concurso Receita Federal

Em 2020 a Receita Federal protocolou um novo pedido de concurso ao Ministério da Economia. O órgão confirmou que a demanda foi para 3.360 vagas em diferentes cargos!

Distribuição de vagas:

Carreira Tributária e Aduaneira

Requisito: Nível superior em qualquer área

  • 550 vagas de auditor-fiscal

Remuneração: R$21.487,09 (já com auxílio-alimentação de R$458)

  • 500 vagas de analista-tributário

Remuneração: R$12.142,39 (já com auxílio-alimentação de R$458)

Carreira na área Administrativa

Requisito: Nível Médio

  • vagas de assistente técnico-administrativo

Remuneração: R$4.137,97 (já com auxílio-alimentação de R$458)

Requisito: Nível Superior

  • quatro vagas para arquiteto

Remuneração: R$6.700,41 (já com auxílio-alimentação de R$458)

  • 16 vagas para engenheiro

Remuneração: R$6.700,41 (já com auxílio-alimentação de R$458)

  • 20 vagas de contador;

Remuneração: R$6.700,41 (já com auxílio-alimentação de R$458)

  • 270 vagas de analista técnico administrativo

Remuneração: R$5.490 (já com auxílio-alimentação de R$458)

Mesmo assim,  a quantidade de vagas que serão ofertadas no concurso não será o suficiente para suprir o déficit de pessoal e para que isso aconteça será necessário uma boa utilização do cadastro de reserva e a realização de concursos periódicos.

 

Já sabemos portanto que a necessidade de pessoal é grande e que em breve as vagas que foram requisitadas devem ser preenchidas em um novo concurso, então não perca tempo, conheça o nosso curso acesse: Preparatório projeto federal 

Ou entre em contato com nossas consultoras em:

(12) 99650-4674

3909-5800

 

Fonte: 

Folha Dirigida