fbpx

Concurso TCM SP é autorizado para nível médio e superior

concurso do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (Concurso TCM SP), autorizado em janeiro deste ano com oferta de 10 vagas para o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização, deve ter edital publicado ainda este ano. Foi divulgado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 15 de junho, a comissão organizadora do concurso.

Além disso, um novo edital de concurso público do TCM se aproxima para o cargo de Agente de Fiscalização. Foram autorizadas 92 vagas para carreira, também em divulgação no Diário Oficial do dia 15 de junho.

Leia também: Concurso Prefeitura de São José dos Campos: 10 editais publicados

O Concurso TCM SP 2019 – Nível Médio

O grupo de trabalho será composto por servidores do próprio órgão. Eles deverão elaborar o projeto básico do certame, documento que será utilizado para contratação da banca organizadora.

Para concorrer ao cargo de auxiliar, o candidato deverá ter o nível médio, técnico ou superior, a depender da especialidade. O salário inicial do cargo de Auxiliar é composto por salário básico de R$ 5.046,82 e gratificação de incentivo a especialização e produtividade de R$ 5.270,50, totalizando a quantia de R$ 10.317,32 mensais. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

concurso do TCM-SP 2019 com 10 vagas ainda não deve suprir as necessidades do órgão, já que o órgão não realiza concursos há 12 anos. Dados de 2012, conforme levantamento funcional divulgado pelo órgão, o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização conta com 63 cargos vagos. Ou seja, o quantitativo autorizado ainda está longe do ideal. Com isso, a expectativa é que contratações sejam feitas durante a validade do certame.

O cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização – Suporte Administrativo deverá executar atividades de suporte administrativo, envolvendo organização de arquivo, operação de microcomputadores, datilografia, atendimento aos servidores, redação de documentos, montagem de processos, solicitação de materiais, leitura e recorte de publicações, registro e conferência de dados, pesquisa de preços e realização e conferência de cálculos.

Já o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização – Técnico de Enfermagem deverá Executar serviços de apoio na unidade de saúde, sob supervisão direta do Enfermeiro; Realizar tarefas de auxílio ao Enfermeiro ou Médico; Prestar primeiros socorros; Proceder à desinfecção de materiais; e Controlar a validade dos medicamentos e executar, no nível de suas competências, ações de assistência básica nas áreas de atenção à criança.

A carreira de Auxiliar de Fiscalização conta com mais sete níveis, o que garante progressões salarias durante o exercício do cargo. O salário apresenta oito níveis, já considerado a gratificação de incentivo atual, que variam entre um total de R$ 10.317,32 e R$ 15.105,37.

Último concurso Auxiliar Técnico

O último concurso de Auxiliar Técnico de Fiscalização foi divulgado em 2006, quando contou com 32 vagas, distribuídas entre áreas de Suporte Administrativo (23), com requisito de ensino médio, Técnico de Enfermagem (03), com requisito de ensino técnico, e Professor de Educação Infantil (06), com requisito de ensino superior com licenciatura plena. O Instituto Cetro teve a responsabilidade do certame. Além disso, o certame contou com uma questão dissertativa.

A prova objetiva contou com 60 questões. Para Suporte Administrativo, foram 45 questões de conhecimentos gerais, com peso três, e 15 de conhecimentos específicos, com peso um. O módulo de conhecimentos gerais contou com questões de Língua Portuguesa, Matemática e Noções de Informática.

Vagas nível superior

As áreas das vagas ainda não foram reveladas. Elas podem estar distribuídas para uma das seguintes especialidades: Administrador, Assistente Educacional, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Direito, Economista, Enfermeiro, Engenheiro, Escrivão de Ata e Tecnologia da Informação.

A expectativa é que o edital seja publicado até o final de 2019, uma vez que a comissão organizadora do concurso também foi formada. O grupo de trabalho será composto por servidores do próprio órgão. Eles deverão elaborar o projeto básico do certame, documento que será utilizado para contratação da banca organizadora.

De acordo com o documento de autorização do concurso TCM-SP 2019, serão oferecidas nada menos que 92 vagas, sendo duas em caráter imediato e 90 em cadastro reserva, para contratação conforme necessidade. O salário inicial do agente é de R$18.829,53, valor composto pelo salário básico de R$10.818,37 somado com a gratificação de R$8.011,16. Além disso, os servidores contarão com benefícios:

  • Auxílio Transporte (valor diário por dia de efetivo exercício);
  • Auxílio Refeição (valor diário: R$ 36,00);
  • Auxílio Doença (um mês do vencimento, após cada período de 12 meses consecutivos de licença para tratamento de saúde do próprio servidor);
  • Auxílio-Alimentação;
  • Auxílio-Saúde.

A carreira de Agente de Fiscalização conta com mais sete níveis, o que garante progressões de salário durante exercício da profissão. O total da remuneração varia entre R$ 18.829,53 e R$ 29.093,16.

 

LEIA MAIS

Fonte: Folha Dirigida