fbpx

Concursos em 2019: número de cargos vagos no Governo Federal passa de 250 mil

A expectativa pela abertura de novos concursos em 2019 é grande. Não é novidade que a maioria dos órgãos do Governo Federal operam, atualmente, com um alto número de cargos vagos em  seus quadros de servidores. As vagas não vêm sendo preenchidas devido ao atual momento fiscal do país.

A redução no número de servidores federais da ativa acontece em um momento de crise econômica e rombo das contas públicas. Neste ano, a estimativa do governo é de um déficit de R$ 139 bilhões. Devido à situação fiscal difícil, o governo já estava limitando a abertura de novas vagas no serviço público federal.

O governo federal conta com 253 mil vagas em aberto. Segundo dados do Ministério da Economia, os órgãos que possuem altos índices de vacâncias são os ministérios da Saúde (38,4 mil), Educação (35,8 mil) e INSS (22,7 mil).

Além desses órgãos, o IBAMA também também conta um alto déficit alto de servidores. Acontece que o Instituto opera apenas com 53% do seu quadro de funcionários, número abaixo do que é previsto por lei. Dos 5.400 funcionários, o quadro conta com apenas 2,9 mil servidores.

PROJETO FEDERAL: DIFERENTES CONCURSOS EM UM SÓ CURSO

O Governo Federal revelou que não há previsões para novos concursos públicos. Segundo informações da pasta, serão autorizados apenas seleções em caráter excepcional. Para isso, o órgão deve comprovar absoluta necessidade e, se estiver dentro do padrão orçamentário, um novo certame poderá ser aberto.

Nos últimos anos, o país abriu concursos públicos limitados e com poucas vagas, como por exemplo, os concursos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF), Advocacia Geral da União (AGU) e Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). De acordo com especialistas do setor, essa redução pode ser preocupantes se atingir funções importantes e não houver reposição adequada.

Com poucos concursos em 2019, número de servidores federais na ativa diminui pela primeira vez em 11 anos

De acordo com o Painel Estatístico de Pessoal do Ministério da Economia, o número de servidores públicos federais na ativa registrou em 2018 a primeira redução em 11 anos. Considerando apenas os servidores em atividade, o sistema mostrou que em 2017 o governo federal tinha 634.157 servidores. No ano passado, esse efetivo passou para 630.689.

Em contrapartida, o total de servidores (que inclui aposentados e instituidores de pensão), continuou crescendo: passou de 1.271.462, em 2017, para 1.272.847, em 2018.

Leia mais…

Fonte: NOTÍCIAS CONCURSOS