fbpx

Concursos TRE previstos para 2020: 17 editais perderão validade

Quem é concurseiro sabe: todo ano cresce a expectativa por novos concursos públicos nos Tribunais Eleitorais (TRE). Em 2020 um total de 17 TRE’s não terão concurso válido, o que faz aumentar as chances de uma nova seleção.

Em 2017 o provimento de cargos na área foi suspenso, mas já passou por revisão e agora está apenas restrito, ou seja, limitado. Em junho, por exemplo, foi anunciado o concurso TRE-PA, que está com inscrições abertas para vagas nos níveis médio e superior.

A abertura de seleção na Justiça Eleitoral em 2019 foi adiantada em primeira mão por FOLHA DIRIGIDA no início do ano. Os Tribunais do Mato Grosso do Sul e do Amazonas também manifestaram interesse em novos editais para efetivos.

A expectativa é que o próximo ano não fique para trás, com mais editais de TRE’s sendo publicados. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não manifestou oficialmente a previsão de concursos para esses tribunais, mas a situação dos quadros dá uma ideia do que pode vir por aí.

PREPARE-SE PARA OS CONCURSOS FEDERAIS DE TODO O PAÍS – SAIBA MAIS

Nove TRE’s sem concurso válido podem prover 42 vagas

Nove Tribunais Regionais Eleitorais ao redor do país não possuem concurso público válido. Ou seja, os prazos de validade das últimas seleções já foram encerrados e não podem mais ser prorrogados.

Deste modo, mais servidores efetivos só poderão ser chamados para preencher as vagas autorizadas pelo TSE após a abertura de mais concursos. Confira quais são esses TRE’s:

• TRE-AL (quatro vagas) – validade encerrada em julho de 2014

Em abril, o desembargador presidente, Pedro Augusto Mendonça de Araújo, determinou a expedição de um ofício ao TSE para manifestação oficial sobre a previsão para a realização de concurso público, tanto no ano em curso como em 2020.

Até o momento, contudo, não houve qualquer iniciativa relacionada à seleção, segundo o Tribunal. O TRE-AL tem autorização do TSE para preencher um total de quatro vagas, sendo uma de analista (nível superior) e três de técnico (nivel médio).

• TRE-AM (quatro vagas) – validade encerrada em março de 2018

O Tribunal do Amazonas disse a reportagem da FOLHA DIRIGIDA, em abril, que tem a intenção de realizar concurso público para a área de apoio e que planeja incluir a seleção na proposta orçamentária de 2020.

Até o momento não houve confirmação sobre a previsão de edital. A seleção também precisaria de aprovação por parte do Conselho Superior. Para o TRE-AM, estão autorizados os provimentos de quatro cargos dois de técnico e dois de analista, nos níveis médio e superior, respectivamente.

 

LEIA MAIS

 

Fonte: FOLHA DIRIGIDA