fbpx

Etapas de um concurso

Entenda quais são as etapas de um concurso público desde o pedido do concurso até a sua aprovação:

Primeiro de tudo acontece o pedido de abertura de vagas por parte do próprio órgão, com a solicitação pronta, o governo seja este municipal, estadual ou federal analisa a viabilidade para a realização do concurso considerando tanto aspecto técnico quanto financeiro, depois disso é aguardado a autorização governamental, que para o âmbito federal tem duração de seis meses, e para os governos estaduais varia de acordo com a localidade, por exemplo em São Paulo, a duração é de um ano.

 

Após a autorização o concurso depende da constituição da comissão que ficará responsável pelos preparativos, incluindo a contratação da banca organizadora do processo seletivo, parte muito importante para a preparação dos candidatos visto que grande parcela dos estudos de concurseiros é direcionado pela organizadora responsável, já que cada banca tem seu próprio estilo e conteúdos mais cobrados. Essas instituições são responsáveis por divulgar o concurso, inscrição de candidatos, elaboração da prova e conteúdo, logística de aplicação, fiscalização no dia do exame, correção, divulgação dos resultados e julgamento dos recursos dos candidatos questionando provas e gabaritos.

 

A contratação pode acontecer por meio de dispensa de licitação, quando um órgão público pode contratar uma empresa organizadora sem a necessidade de licitação, desde que a escolhida detenha inquestionável reputação ético-profissional, não tenha fins lucrativos, seja reconhecida como de utilidade pública ou de notória especialização – que realiza serviço de natureza singular; ou por meio de licitação, quando o menor preço é o critério de seleção da proposta mais vantajosa para a administração, desde que esteja de acordo com as especificações do edital ou convite. Entre as modalidades de licitação estão o pregão presencial, pregão eletrônico, tomada de preços e carta convite.

 

Enfim ocorre a abertura do edital, aonde os candidatos se inteiram sobre os detalhes das vagas, inscrições e provas, é no edital aonde está o conteúdo programático, com todos os assuntos e tópicos que podem ser cobrados durante o exame.

 

Ocorre então um período aonde é permitido pelos órgãos o pedido de redução de taxa e até isenção do pagamento da taxa de inscrição de um concurso, este benefício é normalmente concebido a membros de famílias de baixa renda, candidatos desempregados e/ou doadores de sangue ou medula óssea. É preciso neste momento estar atento aos prazos para a solicitação, pois costumam anteceder os prazos oficiais de inscrição, de forma a permitir que quem tiver o pedido indeferido ainda consiga se candidatar pagando a taxa.

 

Assim que o concurso for autorizado, o edital já estiver publicado, será divulgado o prazo de inscrições para o concurso. As candidaturas são feitas via web através do site da empresa que será contratada para organizar a seleção, sob a condição do pagamento de uma taxa de inscrição que será estabelecida pelo órgão. Se após a publicação do edital o órgão perceber algo que saiu errado, ou precisar fazer algum ajuste repentino, poderá ocorrer uma retificação do edital, aonde será apontado com clareza o que foi alterado.

 

Após o fim do prazo das inscrições, de eventuais retificações, a banca costuma publicar a lista de inscrições deferidas e indeferidas, neste período é de extrema importância que o candidato confira a relação para ter certeza de que sua inscrição foi efetuada. Em caso de indeferimento, dependendo do caso existe a possibilidade do candidato buscar auxilio junto a banca para retificar eventuais irregularidades.

 

Alguns dias antes da data da prova os candidatos são convocados para avaliação recebendo a confirmação do dia, horário e local do exame. Neste momento os órgão aproveitam para reforçar normas com relação as provas, como tipo de caneta, aparelhos proibidos, horário de abertura dos portões, etc.

 

As provas podem varias entre questões de “múltipla escolha” e “certo ou errado”, o que depende unicamente da empresa que foi contratada para organizar o concurso. Após a realização das provas os gabaritos são publicados normalmente três dias depois, e as respostas podem ser consultadas no site da empresa responsável pelo processo seletivo. A responsabilidade de ir atrás destas informações é unicamente do candidatos, para que assim estes possam ter uma noção de como se saíram na realização da prova, e para que caso algum candidato não concorde com as respostas dispostas no gabarito, exista a possibilidade de abrir um recurso contra, e os resultados dos recursos precisam ser obrigatoriamente publicados antes do resultado final do concurso.

 

Após a análise de recursos sobre o gabarito, a banca pode avaliar o desempenho dos candidatos e assim elaborar a lista de aprovados, e depois da divulgação da primeira lista de aprovados um novo prazo de recursos é aberto, para que os participantes possam apresentar novos recursos em caso de questionamentos sobre o próprio desempenho e classificação, e somente após a análise destes recursos é que a lista de aprovados definitiva é publicada.

 

Se nenhuma etapa for necessária além da prova objetiva ( o que varia de concurso para concurso), a banca organizadora já estará pronta para o resultado final, e é com esta publicação da classificação que os candidatos ficam sabendo se de fato foram aprovados.

Quer saber mais sobre concursos e como se preparar, entre em contato, acesse o link: https://unicursos.com.br/contato/

Fonte:

Concursos no Brasil