fbpx

FCC: conheça o perfil completo dessa tradicional banca de concursos

Quer passar em um concurso da Fundação Carlos Chagas, também chamado de FCC? Então, você vai precisar conhecer o perfil completo da banca.

Só para se ter uma ideia, no Brasil a Fundação já fez mais de 2.300 concursos em mais de 271 instituições e com mais de 20 milhões de candidatos.

Assim, ela se torna uma das bancas mais importantes que você precisa saber o funcionamento.

As provas da FCC tendem a serem compostas com questões de múltipla escolha de cinco alternativas, onde apenas uma opção é correta ou errada, dependendo do que a questão pede.

Em todo caso, abaixo você vai conhecer um pouco mais sobre o perfil da banca FCC.

Como funciona as questões da FCC?

Como já foi mencionado, as questões da Fundação Carlos Chagas são de múltipla escolha.

Portanto, esse é o modelo mais praticado por grande parte das bancas, exceto a Cespe.

Além disso, a prova é feita com base no que o edital cita, sendo que a banca tem o hábito de repetir o mesmo tipo de questão em várias provas.

Logo, isso faz com que estudar pelas provas anteriores seja a melhor forma do candidato se preparar.

No entanto, apesar desse fator, essa não é uma banca “decoreba”, pois as questões estão envolvendo cada vez mais raciocínio, intepretação e conhecimento aprofundado da matéria.

Sendo assim, não basta decorar, é preciso compreender a lei e o contexto, sabendo então aplicá-la nos casos práticos, por exemplo.

Sem contar que é preciso ler atentamente o enunciado, pois a banca é conhecida por cobrar mais alternativas erradas quanto comparada a outras.

Além disso, é necessário saber administrar o tempo da prova, pois até os candidatos mais preparados sentem dificuldades em responder todas as questões.

No mais, as provas apresentam o nível de escolaridade de acordo com o cargo exigido.

Por exemplo, na área fiscal as provas são mais densas, já para concursos de nível superior para tribunais a dificuldade é média e, por sua vez, as provas de ensino médio são mais básicas e simples.

Últimos concursos da FCC

Como visto, a Fundação Carlos Chagas tem as suas particularidades, assim como todas as outras bancas.

Portanto, estudar com base nas provas anteriores é a melhor maneira de se preparar para a aprovação.

Sabendo disso, veja abaixo os últimos concursos da FCC:

  • Agência de Fomento do Amapá – AFAP – Diversos cargos;
  • Banco do Estado do Rio Grande do Sul – BANRISUL – Escriturário;
  • Companhia do Metropolitano de São Paulo – METRÔ – Agente de Segurança Metroviária I;
  • Companhia do Metropolitano de São Paulo – METRÔ – Oficial Logística Almoxarifado I;
  • Conselho Superior da Justiça do Trabalho – CSJT – I Concurso Público Nacional Unificado para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho;
  • Defensoria Pública do Estado da Bahia – Defensor Público;
  • Defensoria Pública do Estado de São Paulo – Oficial e Agente de Defensoria Pública;
  • Estado de Goiás – Secretaria de Estado da Fazenda – Auditor-Fiscal da Receita Estadual – Classe A – Padrão 1.

Dicas para resolver as provas da FCC

Houve uma diminuição na nota de corte dos concursos da Fundação Carlos Chagas.

Por esse motivo, o candidato não precisa mais estudar tanto como antes para conseguir a aprovação, pois acertando 70% já é mais do que o suficiente.

No entanto, isso não quer dizer que você não precisa se preparar, pois aa fase da preparação é importante.

Em vista disso, abaixo você encontra algumas dicas que vão lhe ajudar a resolver as provas da FCC.

Comece pelas questões mais fáceis

As provas da Fundação Carlos Chagas têm o objetivo de cansar o aluno, por isso é primordial que você comece pelas questões mais fáceis.

Normalmente, a banca tem o hábito de colocar as questões mais difíceis no começo da prova e no início de cada disciplina.

Então, alguns alunos vêm conseguindo bons resultados resolvendo a prova de trás para frente.

Não é preciso estudar tudo

Como as notas de corta baixaram e o tempo não é favorável para a resolução de todas as questões, você não precisa estudar o conteúdo todo.

Assim sendo, a recomendação é que você selecione os tópicos mais importantes, deixando de lado as disciplinas de menor peso e mais complexas.

É claro que você precisa fazer uma leitura antes para ter uma noção do que é cobrado, mas nesses casos estude apenas o que é essencial.

Atenção ao tempo

Candidatos bem preparados não têm conseguindo a pontuação necessária para a aprovação por conta do tempo.

Em função disso, é essencial que você leia o edital para saber administrar o tempo corretamente.

Além disso, não esqueça de pular as questões mais complexas, resolvendo sempre as mais fáceis para alcançar a pontuação mínima para aprovação.

Resolva as provas anteriores

Como já foi dito, a FCC tem o hábito de manter um padrão de prova por cargo, exigindo questões bem parecidas em todas elas.

Assim, você pode utilizar isso ao seu favor, basta resolver as provas anteriores para se preparar melhor.

Logo, a dica é pegar as provas da FCC do cargo que você almeja e fazer exaustivamente.

Conclusão

Conhecendo o perfil completo da Fundação Carlos Chagas (FCC), agora é só estudar com as dicas acima e boa sorte.